Unidade de Saúde Animal é inaugurada na Lomba do Pinheiro

Em meio às dezenas de convidados, lideranças comunitárias e autoridades, Loba e Donatela brincavam e passeavam pelos corredores do prédio onde animais como elas poderão ser atendidos e salvos a partir dos próximos meses. As duas mascotes foram as primeiras a visitarem a Unidade de Saúde Animal Victória (USAV), que está com o prédio pronto e com grande parte dos equipamentos do laboratório, banco de sangue, bloco cirúrgico e consultórios já instalada. Elas participaram da inauguração da estrutura física do primeiro hospital veterinário público municipal do Brasil.
O prefeito José Fortunati e a primeira-dama e deputada estadual Regina Becker inauguraram a Unidade de Saúde Animal neste sábado, 26, na companhia do empresário Alexandre Grendene, que doou os recursos para a obra, da esposa dele, Nora Teixeira, e da filha Victoria, que dá o nome ao hospital. A USAV, que fica na Lomba do Pinheiro (estrada Bérico José Bernardes, 3489, parada 19), é voltada ao atendimento veterinário de cães e felinos abandonados ou pertencentes a tutores em situação de vulnerabilidade social.
Durante o ato, promovido pela prefeitura por intermédio da Secretaria Especial dos Direitos Animais (Seda), Fortunati destacou o tempo recorde de seis meses de construção da unidade, graças à dedicação de Grendene, da equipe da obra e dos técnicos da secretaria, que entenderam a necessidade de uma instituição como essa para as famílias em situação de vulnerabilidade e para a causa animal. O prefeito lembrou os desafios enfrentados desde que se iniciou o debate sobre a criação de políticas públicas nessa área no município e os avanços com a criação da secretaria. “O que estamos fazendo aqui é inédito no Brasil. Será o primeiro hospital veterinário público do país a fazer esse tipo de atendimento, amplo e de alta qualidade, para animais de rua e de famílias de baixa renda. Não podemos pensar em uma cidade sustentável sem que tenhamos tratamento adequado também aos animais”, afirmou.
A primeira-dama também ressaltou os avanços de Porto Alegre na área da defesa dos direitos animais nos últimos anos, o que tornou a Capital uma referência no país. Regina citou as 26 mil fiscalizações e 17 mil cirurgias, desde a criação da Seda. “Se temos esse trabalho consolidado hoje é graças à união de pessoas que acreditam nessa causa. Porém, temos que continuar avançando. Hoje estamos realizando um sonho. Um sonho necessário para o atendimento aos protetores voluntários, às famílias de baixa renda. São pessoas que cuidam com muito carinho de seus animais, mas que não tem condições de pagar e dar o atendimento de saúde adequado e de qualidade a eles”, concluiu.
Alexandre Grendene explicou porque decidiu tornar realidade o projeto do hospital. “A Unidade de Saúde Animal se chama Victória em homenagem à minha filha, que como eu é apaixonada pelos animais, cuida de mais de 100 animais e está cursando a faculdade de Medicina Veterinária. A doação do valor necessário para a construção deste hospital aconteceu em função de uma solicitação feita pela primeira-dama. Conheci o grande amor e dedicação da Regina pelos animais e isto me motivou a ajudar”, declarou o empresário.
 
Operação – Os procedimentos realizados atualmente na Unidade de Medicina Veterinária (UMV), serão transferidos gradualmente à USAV, à medida em que forem agregados 16 novos médicos veterinários – selecionados em concurso público – e equipes de auxiliares e manejadores de animais. Para que a nomeação seja efetivada, tramita na Câmara Municipal o projeto de lei para a criação de vagas.
 
USA Victória – Localizada na Lomba do Pinheiro, na área da Secretaria Especial dos Direitos Animais (Seda), a unidade atenderá animais de rua e de tutores inscritos no Cadastro Único do Governo Federal. Iniciado em abril de 2016, o projeto assinado pelo arquiteto Rodrigo Souza recebeu investimentos superiores a R$ 7 milhões por meio de doação. Este valor contempla cinco blocos cirúrgicos, quatro consultórios, UTI, setores de quimioterapia, fisioterapia, banco de sangue, farmácia, laboratório ambulatório, além de sala de recuperação para 150 cães e gatos e espaço de triagem para outros 120. Também terá salas para reuniões, copa e refeitório. Os primeiros equipamentos já foram instalados.
O projeto arquitetônico, de autoria do arquiteto Rodrigo Souza, também conquistou o título de melhor Edifício Público de Saúde, no 13º Prêmio de Arquitetura Coorporativa Brasileira, realizado em São Paulo.

Você também pode se interessar por...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>