Prefeitura implementa informatização das consultas especializadas

Para qualificar a gestão das consultas especializadas aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), o prefeito José Fortunati acompanhou nesta quarta-feira, 21, a implantação da primeira fase do Sistema de Consultas (Gercon), que ocorreu no Centro de Saúde IAPI, no bairro Passo d’Areia. Todas as 141 unidades de saúde da Capital já estão operando no sistema, além dos centros de especialidades, hospitais (parcialmente) e setor de regulação da Secretaria Municipal de Saúde. A segunda fase compreende a informatização dos exames complementares e internação hospitalar.

A ferramenta, que foi desenvolvida pelas equipes da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e da Companhia de Processamento de Dados do município de Porto Alegre (Procempa), permite mais equidade no atendimento à população, na medida em que é possível priorizar, através da informatização, as situações mais graves e urgentes e não apenas por simples ordem de entrada no sistema.

“É mais um passo na informatização da saúde pública de Porto Alegre. Nós já havíamos implantado o E-SUS, que marca as consultas ordinárias, adotado prontuário eletrônico e agora estamos fazendo gerenciamento das consultas especializadas. Ou seja, um sistema muito moderno, simples para ser utilizado, mas que permite que os profissionais tenham com muita rapidez o acesso a todos as informações do paciente dando os encaminhamentos adequados” , afirmou o prefeito Fortunati.

Pelo Gercon, as unidades de saúde registram as solicitações de consultas especializadas a partir de um formulário padrão, classificando a prioridade de acordo com critérios pré-definidos de classificação de risco. O agendamento ocorre de acordo com a complexidade e a regionalização. O sistema também permitirá a produção de relatórios e estatísticas para auxiliar na tomada de decisão dos especialistas na área médica.

Conforme o secretário municipal de saúde, Fernando Ritter, antigamente, além de todo processo ser manual, havia muita abstenção tirando espaço de quem precisava de atendimento. Hoje, o usuário, em muitos casos, já sai com a consulta agendada e depois confirmada, o que possibilita o aproveitamento da agenda do especializado. “Em 75% das especialidades que não tem demanda reprimida, a pessoa já sai com a consulta na hora, não passa por nenhum intermediário. A próxima fase é possibilitar o monitoramento do status da consulta pelo site da prefeitura”, ressaltou o secretário.

A identificação do paciente é feita diretamente pelo Cartão Nacional de Saúde, o Cartão SUS, do Ministério da Saúde, garantindo que não haja múltiplos cadastros para um mesmo paciente, além de facilitar o acompanhamento do histórico de consultas com a situação geral do paciente que fica armazenado no sistema.
Sobre o Gercon - Trata-se de uma plataforma web simples, intuitiva e de fácil preenchimento, que pode ser acessada em qualquer local com internet. A ferramenta dará mais agilidade aos processos de trabalho, desde a rede de atenção básica, que acolhe os usuários do SUS, passando pela central de regulação até os centros de especialidades.

Características do Gercon
– Arquitetura web simples e intuitiva;

– Identificação do paciente a partir do Cartão Nacional de Saúde, usando o webservice fornecido pelo Ministério da Saúde para acesso à base federal do CNS;

– Identificação das unidades de saúde e dos profissionais solicitantes e executantes através do Cadastro Nacional dos Estabelecimentos de Saúde (CNES);

– Possibilita o uso por diversas centrais de regulação;

– Permite o compartilhamento de informações (interoperabilidade) com os sistemas das unidades executantes;

– Documentação detalhada e completa das regras, parâmetros e perfis de acesso do sistema.

 

Você também pode se interessar por...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>