Concluída a troca dos contêineres da região central

Foi concluída, neste final de semana, a substituição de 1.230 contêineres nos bairros mais centrais da cidade. A troca foi feita pela empresa RN Freitas, vencedora do pregão eletrônico realizado em novembro de 2015, do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU), que contratou o serviço ao custo mensal de R$ 742.510,25.

Os equipamentos substituídos haviam sido colocados em 2011, quando o departamento implantou a modalidade de coleta automatizada pela primeira vez em Porto Alegre.

Para orientar a população sobre o que deve ser colocado nos contêineres, o DMLU utilizou o trabalho de cinco artistas, os quais grafitaram dez equipamentos com temas sobre separação dos resíduos sólidos. Os contêineres grafitados foram instalados na rua dos Andradas.

Fabricados na Itália, os modelos têm capacidade para receber 2,4 metros cúbicos e 3,2 metros cúbicos de resíduos. Para evitar odores desagradáveis, a empresa disponibilizará duas lavadoras que possibilitarão ampliar a frequência da lavagem para uma vez por semana. Uma equipe extra fará essa tarefa manualmente na parte externa.

Abrangência – A mudança atingiu a totalidade dos bairros Bom Fim, Centro Histórico, Cidade Baixa, Farroupilha e Independência. Parcialmente, foram abrangidos os bairros Azenha, Floresta, Menino Deus, Moinhos de Vento, Praia de Belas, Rio Branco, Santana e Santa Cecília.

O que pode ser descartado – Nos contêineres podem ser colocados resíduos de origem vegetal ou animal e também rejeito. Exemplos: restos de alimentos como carnes, vegetais, frutos, cascas de ovos, restos de vegetação, ossos, sementes, erva-mate, borra de café e chá, cinzas, dejetos de animais domésticos, papel higiênico, absorventes, fraldas descartáveis, cotonetes, espuma, etiquetas adesivas, esponjas, lã de aço, tecidos de limpeza, porcelana e rolhas de cortiça.

O DMLU alerta que o descarte de resíduos recicláveis nos contêineres é considerado infração grave, punível com multa de R$ 2.628,07, conforme estabelece o Código Municipal de Limpeza Urbana (Lei Complementar nº 728/2014).

Coleta automatizada – Essa modalidade de serviço permite que a população descarte os resíduos orgânicos e rejeito em qualquer hora e dia da semana. Nos bairros com contêineres, a coleta seletiva, destinada ao recolhimento dos resíduos recicláveis, ocorre três vezes por semana e é feita por meio de caminhões. Para saber os dias de coleta seletiva, acesse aqui.

Você também pode se interessar por...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>