Capital terá ações na Semana Mundial da Amamentação

Segunda-feira, 1º de agosto, Dia Municipal da Amamentação, marca também o início da Semana Mundial da Amamentação 2016, que prossegue até o dia 7 e tem como tema Amamentação faz bem para o seu filho, para você e para o planeta. Na Capital, além da iluminação cênica do Monumento ao Expedicionário, a partir desta segunda, durante uma semana, outras atividades serão realizadas na rede municipal de saúde e em outros espaços, como a Câmara Municipal, nesta quarta-feira, 3, e na sede do Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS), onde será realizado o Seminário Estadual de Amamentação, na quinta-feira, 4, e sexta-feira, 5.

Durante toda a semana, a esquete teatral Falar de mãe é falar de amor será levada a serviços de saúde, para enfatizar à população e aos profissionais da saúde a importância da amamentação para o bem-estar do bebê e da mãe. A esquete apresenta uma jovem grávida que tem uma série de dúvidas e receios quanto a amamentar o filho, se o bico do seio vai rachar, se o seio pode ter algum prejuízo estético ou, caso a criança engasgue, o que fazer. As dúvidas vão sendo esclarecidas com humor pela sogra e pelo sogro, que tem bastante experiência, mas também pelo jovem marido que traz várias informações do posto de saúde.

Seminário e curso – Na quinta-feira, 4, durante o Seminário Estadual da Amamentação, iniciativa da Secretaria Estadual de Saúde que conta com apoio do MP-RS e da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), será ministrado o minicurso Noções Básicas de Manejo Clínico em Amamentação e Alimentação Complementar Saudável na Atenção Básica, por técnicos da prefeitura, na sede do MP. São 400 pessoas inscritas, todas profissionais da saúde. Na sexta-feira, 5, o seminário tem continuidade no mesmo local, com abertura oficial prevista para as 8h30.

A assessora técnica na área de Saúde Nutricional da SMS Carmen Stein destaca que, de acordo com estatísticas apresentadas em âmbito internacional em 2016, a amamentação melhora a sobrevivência, a saúde e o desenvolvimento de todas as crianças. A prática salva vidas de mulheres, pode prevenir câncer de mama e reduzir risco de diabetes ou câncer de ovário, entre outros benefícios. As crianças que são amamentadas por mais tempo têm menor morbidade e mortalidade, menos maloclusão dentária, e maior inteligência do que aquelas que são amamentadas por períodos mais curtos ou não são amamentadas.

Você também pode se interessar por...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>